segunda-feira, janeiro 05, 2009

entre dias

são entre essses dias. entre uma segunda e um sabado... o que se percebe está no espaço entre os nossos olhos. pequenos espaços. de querer minar qualquer distância, qualquer tempo. mas sob controle. sob a sensação de precisar se controlar. entre detalhes de pequenos amores. de grandes. de sensações. das mais simples. sensações passadas e presentes se misturam. como se sabe o que é sentir? como se conjuga um amor maior ou menor? porque ainda tem a falta. ainta tem a vontade. o desejo. o sonho. porque de sensações (pelo menos essas) eu não esqueço. tem um conflito de querer ser livre, de querer "prender", de querer muito do tempo, muito do corpo, de querer controlar os espaços e os encontros. aprendendo em primeira viagem. num começo real. nas sensações paranóicas. mas se pequenas doses de loucura libertam a vida... não quero me livrar delas.
quanto dura um linda história? aliás, o que a torna linda? será que precisa ser mais que simples? será que preciso manter minhas frases em silêncio?

Um comentário:

borboleta disse...

uma linda historia dura ate quando se dura a vontade, a lembrança dura para sempre. uma historia não apaga a outra. e as frases em silencio são as que nunca deixam de ser ditas.